Buscar
  • Lu Zanatta/Estrategiacom

Condutores são o foco na prevenção de acidentes


Crédito: Diego Santos/Estratégia Comunicação e Marketing

De 12 a 14 de setembro, XIII Congresso Brasileiro de Medicina de Tráfego e II Congresso Brasileiro de Psicologia de Tráfego avaliam o futuro do Código de Trânsito Brasileiro

Em um momento em que mudanças no Código de Trânsito Brasileiro (CTB – Lei 9.503/97) estão em análise na Câmara, o XIII Congresso Brasileiro de Medicina de Tráfego e II Congresso Brasileiro de Psicologia de Tráfego são uma oportunidade para se estabelecer parâmetros de segurança que tenham por base os avanços no conhecimento técnico e científico. De 12 a 14 de setembro, a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) e a Associação Brasileira de Psicologia do Tráfego (Abrapsit) reúnem, no Centro Internacional de Convenções no Brasil – CIBB, em Brasília, representantes do governo, deputados, senadores e especialistas. Prevenção de acidentes, ética, avaliação de condutores e riscos para direção veicular, entre outros temas, integram a ampla programação.

A presidente da Abrapsit, Patrícia Sandri, afirma que “90% dos acidentes ocorrem por falha humana, e não da via ou da sinalização”. Nesse sentido, ela salienta que o psicólogo tem importância em um amplo leque de ações preventivas, entre elas, a avaliação dos motoristas: “Avaliação psicológica é um processo complexo que tem a finalidade de permitir uma melhor compreensão das características da pessoa que está sendo avaliada. No contexto do trânsito, tem como finalidade avaliar condições cognitivas e de personalidade (comportamento) do candidato para verificar se tem condições de exercer a função de dirigir de forma segura para ele e para sociedade”, explica Patrícia.

O Projeto de Lei 3267/19, apresentado pelo governo federal, entre outras mudanças que ampliam a margem de infração, como a alteração do limite de pontos anuais de 20 para 40 pontos até a retirada da habilitação do condutor infrator, elimina também a obrigatoriedade de a perícia psicológica ser realizada exclusivamente pelo psicólogo especialista e altera a periodicidade de renovação de cinco para 10 anos da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Patrícia lembra que a psicologia do trânsito é uma especialidade da psicologia que cuida da saúde, segurança e bem-estar psíquico e emocional do indivíduo no contexto do trânsito. “A avaliação psicológica é uma prática privativa dos psicólogos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) foca na importância da relação entre trânsito e saúde e reforça a necessidade de uma resposta com foco na atenção às lesões e traumas (físicos, emocionais e comportamentais) decorrentes de acidentes. Nesse contexto, a avaliação psicológica é um importante instrumento”, enfatiza a psicóloga.

No evento, Patrícia Sandri é debatedora do tema Psicologia do tráfego no século XXI, que discute ideias para o futuro da profissão, dia 13. Integram a mesa o dr. Roberto Cruz (UFSC), como debatedor, e a vice-presidente da Abrapsit, Nathalia Jacques. Patrícia será moderadora em outras duas mesas especialmente ligadas ao assunto: A avaliação psicológica para CNH: procedimentos e normatizações e Valorização do Trabalho Médico e Psicológico, ambas no dia 14.

Outro destaque da programação será a palestra de abertura do historiador Leandro Karnal, que abordará A ética das relações humanas com o trânsito, no dia 13.

Mais informações e inscrições pelo site www.congressoabramet.com.br

8 visualizações
Contato

Endereço de Correspondência

R. Boa Ventura García, 85, unidade F3 - Condomínio Vista do Centro - B. Santa Terezinha - Canela/RS - CEP 95.680-000

Tel: (54) 3282-9793
​Cel: (54) 99978-5810

estrategia@estrategiacom.com.br

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone do Flickr
  • Branca Ícone Blogger

© 2019 por Estrategia Comunicação e Marketing